Todos os artigos de Editor

A revolução 4.0

tacnologia 4.0Esperamos muitos anos para ver cenas de filmes se tornarem realidade em nosso cotidiano. Carros autônomos e hologramas eram coisas distantes, ficavam no imaginário de meninos que brincavam de agentes espaciais. Mas o futuro já chegou, e a revolução começou pela indústria, que agora é chamada de Indústria 4.0. Homem e máquina passam a se integrar em funções conjuntas. Isso gerou grande espanto naqueles meninos sonhadores do passado, que agora precisam usar no seu dia a dia de trabalho toda tecnologia futurista. Continuar a ler A revolução 4.0

Facebook lança ferramenta para comparar Social Ads e TV

Facebook medição de campanhasA convergência entre as mídias já é um caminho certo no mercado de comunicação. Mark Zuckerberg sabe disso e agora o Facebook quer mostrar aos anunciantes o impacto da televisão sobre as redes sociais e vice-versa. Para isso, a plataforma está lançando duas novas ferramentas de medição de campanhas. Continuar a ler Facebook lança ferramenta para comparar Social Ads e TV

Morre, aos 83 anos, o publicitário Luiz Sales

Morreu nesta sexta-feira, aos 83 anos, o publicitário Luiz Sales, irmão de Mauro Salles e ex-presidente de icônica agência Salles/Interamericana (João Sal/Folhapress)
Luiz Sales

Morreu em São Paulo nesta sexta-feira, aos 83 anos, o publicitário Luiz Sales, irmão de Mauro Salles e ex-presidente de icônica agência Salles/Interamericana, uma das principais empresas do setor no país nos anos 1970 e 1980.

Engenheiro agrônomo de formação, Luiz Sales voltou-se para a publicidade ainda nos anos 1960. Ajudou o irmão a fundar, em 1966, a Mauro Salles Publicidade – rebatizada Salles/Interamericana em 1976 -, empresa que presidiu por duas décadas, sempre como uma das cinco maiores do segmento no país. Continuar a ler Morre, aos 83 anos, o publicitário Luiz Sales

Kennedy festeja Nossa Senhora das Neves

Anúncio_NevesO início de agosto é marcado pela tradicional festa de Nossa Senhora das Neves, em Presidente Kennedy, e neste ano a Prisma foi, mais uma vez, responsável pela campanha de divulgação do evento, que ocorre entre os dias .

A identidade visual, criada nos anos anteriores, foi atualizada e a campanha contou camisetas para passeio ciclístico, anúncios, cartaz, lâmina com programação, hino e oração à santa, livreto com história do santuário e da santa, outdoor, placas de sinalização e peças de internet. Continuar a ler Kennedy festeja Nossa Senhora das Neves

Prisma cria caixas promocionais para a Chocolates Garoto

caixa_garotoA Prisma Propaganda tem criado, regularmente, algumas caixas promocionais para a loja da Chocolates Garoto. Uma das últimas opções criadas pela agência para a loja foi um formato especial para o dia dos namorados, com faca especial, a caixa pode ser usada como opção de presentes na data.

No mesmo período, a agência criou uma outra caixa mais sazonal para as barras de chocolate, que pode ser usada com diferentes cintas temáticas, para presentear em várias datas especiais.

‘Empoderamento feminino’ é clichê constrangedor, diz Washington Olivetto

Olivetto_97020316_marcelotabach-4“Pensar fora da caixa”, “quebrar paradigmas”, “desconstruir” e “empoderamento feminino”. Para o publicitário Washington Olivetto, todas essas expressões ocupam a mesma categoria: “clichês constrangedores” criados, de tempos em tempos, pela publicidade – e pela sociedade.

“São todos primos-irmãos de um baixo nível intelectual, do ‘beijo no seu coração’. A gente tem que fugir desses clichês.” Continuar a ler ‘Empoderamento feminino’ é clichê constrangedor, diz Washington Olivetto

Vem aí a 23ª Expokennedy

Expo Kennedy 2017De 05 a 09 de Julho acontece em Presidente Kennedy a 23ª Expokennedy, festa tradicional da cidade que sempre atrai milhares de turistas para o município.

E neste ano a festa promete agitar o sul do Estado com diversas atrações nacionais e shows regionais. Com criação da Prisma Propaganda, o evento ganhou uma nova identidade visual e está sendo amplamente divulgado no sul do Estado, através de VT, spot, anúncios, internet, outdoor e folder.

Link para o VT que está sendo veiculado:

https://www.youtube.com/watch?v=CtgOPz0aEFk

Feira Livre de Presidente Kennedy completa 3 anos

Anúncio KennedyNa última quinta-feira de Junho, Presidente Kennedy comemorou 3 anos de Feira Livre Municipal, com um evento especial e show do Odair de Paula. A Prisma Propaganda, mais uma vez, foi responsável pela divulgação da data e evento. A campanha conta com VT, anúncios, outdoor, spot, jingle e diversos materiais promocionais.

A campanha fala sobre os benefícios do Projeto para os agricultores e famílias kennedenses, além de apresentar alguns números como resultado.

Sobre a Feira Livre Municipal

A Feira Livre de Presidente Kennedy conta com a participação de 50 feirantes e movimenta a economia do município.

O projeto Economia Solidária “Ticket Feira” já beneficia 600 famílias carentes em Presidente Kennedy. Desenvolvido por meio das Secretarias de Assistência Social e de Desenvolvimento Econômico, a iniciativa funciona desde 2014 e visa proporcionar o acesso a produtos alimentícios hortifrutigranjeiros produzidos no município, combatendo assim a fome e promovendo uma alimentação de qualidade para as famílias em situação de risco social.

O projeto também beneficia os feirantes credenciados que fazem parte do Programa Agro Ecológico Integrado e Sustentável (PAIS) e o Programa da Agricultura Familiar. Os Tickets são trocados na Secretaria de Fazenda por dinheiro no final do mês. O valor arrecadado pelos produtores da Feira Livre, só com os tickets, pode chegar a R$ 60 mil.

Link para VT de 30seg Institucional da campanha:

https://www.youtube.com/watch?v=lCE4Q0wew7c

 

 

Brasil encerra com 99 Leões, 4ª melhor performance da história

CannesLionsO Brasil encerrou sua participação no Festival Internacional de Criatividade de Cannes com 99 troféus, sendo 14 Leões de Ouro, 33 de Prata e 52 de Bronze. Foi a 4ª melhor performance da história, perdendo apenas para os desempenhos recordes de 2014 (116 Leões), 2013 (115) e 2015 (108).

Mais premiada do País, a AlmapBBDO ficou em segundo lugar na disputa pelo troféu de Agency of the Year, que conquistou no ano passado.

O ranking de agências brasileiras segue com Ogilvy (11), DM9DDB (10), Grey (8) e Africa (7). A seguir, confira o ranking brasileiro completo, considerando o peso de cada Leão de acordo com a regra do festival, que concede 7 pontos para cada Ouro, 5 para cada Prata e 3 para cada Bronze.

É possível viver sem as maiores empresas de tecnologia?

Gigantes da tecnologiaAlgumas semanas atrás, comprei uma televisão nova. Para isso, lidei com apenas uma companhia: a Amazon. E não foi apenas a TV. À medida que comecei a analisar minhas decisões domésticas, descobri que, em 2016, 10% das minhas transações comerciais foram feitas com a gigante de Seattle.

Com seus equipamentos Echo e Fire TV, audiolivros, filmes e séries de TV, a Amazon se tornou, para minha família, mais do que uma simples loja.

Pode soar um exagero. Mas e você? Suspeito que, se examinar de perto sua própria vida, há uma grande chance de que outra empresa de tecnologia ocupe o mesmo papel para você que a Amazon ocupa para mim.

Esse é o fato mais gritante e subvalorizado do capitalismo da era da internet: somos escravos de um punhado de empresas americanas que hoje dominam grande parte da economia global. Eu falo das “cinco temíveis”: Amazon, Apple, Facebook, Microsoft e Alphabet, holding do Google.

Elas estão entre as companhias mais valiosas do planeta, valendo trilhões coletivamente. Seu crescimento levou a pedidos para mais regulamentações e intervenções antitruste. Há uma preocupação crescente a respeito de sua influência sobre a cultura e a informação.

Esses são todos tópicos dignos de discussão, mas frios e abstratos. Então, uma maneira melhor de apreciar o poder dessas cinco pode ser analisando o papel que cada uma tem nas suas atividades do dia a dia.

Então, inventei um jogo divertido: se um rei malvado, com fobia de tecnologia, forçasse você a abandonar cada uma das cinco gigantes, em que ordem você o faria e quanto sua vida iria piorar como resultado disso?

Quando fiz esse jogo imaginária, descobri que deixar de lado duas gigantes tecnológicas era bem fácil – mas depois o processo se tornou cada vez mais insuportável. Eu abandonaria o Facebook, primeiro. Normalmente socializo usando o Twitter, o sistema de mensagem da Apple e o Slack, o aplicativo de conversas do escritório.

A segunda seria a Microsoft, que achei um pouco mais difícil de largar. Normalmente, não uso equipamentos Windows, mas o processador de texto da Microsoft, o Word, é uma ferramenta essencial para mim.

Em terceiro lugar, a Apple. Não há nada que eu use mais do que meu iPhone, seguido de perto por meu MacBook e o iMac 5K. Deixar a Apple causaria rearranjos irritantes na minha vida, incluindo enfrentar o software ruim da Samsung.

Em quarto lugar viria o Google. Sem o melhor mecanismo de busca, meu trabalho se tornaria quase impossível. Sem o YouTube, seria menos divertido. E sem falar de e-mail, mapas, calendário, software de tradução.

Então deparei-me com o mestre dos meus domínios. Tenho comprado na Amazon desde os anos 1990. À medida que minha vida se tornou mais movimentada e ganhei mais responsabilidades, a Amazon assumiu um papel cada vez mais importante. Poucos anos atrás pensei ter chegado ao limite. Então surgiu o Echo, computador falante da empresa, que se comunica pela “persona” Alexa e que infectou minha família feito um vírus.

Fonte: The New York Times- Farhad Manjoo – Publicado na Folha – Tradução de Roberto Muniz